Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Toda experiência de aprendizado se inicia com uma experiência afetiva

15 de Maio de 2018 | Educação Emocional

criancas_amigas_afeto.jpg (162 KB)

Tratando-se de questões escolares, existe sempre uma preocupação com o futuro. Sobre o quanto os alunos precisam estar preparados para seu ingresso no mercado de trabalho, em construir uma carreira sólida e em se tornarem bem-sucedidos.

Muitas vezes não nos atentamos ao quanto é importante aproveitar o presente e viver plenamente o agora. Em qualquer outra fase da vida podemos retomar projetos e sonhos, voltar a estudar, fazer uma transição na carreira, aprender uma nova habilidade. Mas a infância só se vive uma vez. A criança não terá outra oportunidade de viver sua infância.

A educação deve ter como objetivo criar condições para uma experiência de alegria. As crianças são naturalmente curiosas e gostam de aprender. Respeitar que cada criança é única, com seus próprios ritmos, interesses e sonhos, é fundamental. A escola deve ser constituída por uma rede de solidariedade e de aprendizado para que a criança seja capaz de realizar aquilo que lhe é possível.

A autoestima é a base para que os alunos aprendam os conteúdos e tenham um bom desempenho na escola e fundamenta todos os outros esforços. As crianças e adolescentes precisam acreditar em seu potencial para se sentirem capacitados a resolver os desafios. Quando não se sentem capazes e algo lhes parece muito complicado ou difícil, se desmotivam e começam a buscar maneiras de se livrar da tarefa, no lugar de querer solucionar o desafio.

O medo do fracasso está diretamente relacionado a sentir o seu valor e sua autoestima diminuídos e em duvidar das próprias habilidades. O medo de errar nos faz criar várias estratégias para não fazer, não arriscar, procurando evitar a frustração. São as crenças que nos limitam e nos impedem de viver nosso potencial por completo.

Transmitir aos alunos sua importância é fundamental para despertar neles o interesse em aprender, o desejo de experimentar novas coisas e a desvendar um universo desconhecido de possibilidades. A mensagem de que ele é capaz é passada na convivência, na rotina do dia a dia, nas relações de comunicação, confiança e responsabilidade que se estabelecem.

A autovalorização está diretamente relacionada ao amor e à aceitação. Ao encorajarmos sua autonomia e auto responsabilidade, os ajudamos a despertar seu potencial. Isso os ajuda a se tornarem emocionalmente seguros, com coragem e firmeza necessárias para trilhar os caminhos da vida e seguir adiante.

Estas são algumas formas que ajudam a fortalecer a autoconfiança em seu aluno:

- Envolva-o nas atividades;

- Ofereça desafios que ele consiga superar;

- Utilize elogios descritivos, assim você demonstra que presta atenção no que ele faz de positivo;

- Expresse seus sentimentos. Procure verbalizar o sentimento que ele despertou em você fazendo uma boa escolha ou tomando uma boa decisão;

- Fale sobre as habilidades que ele utilizou para resolver um problema ou tratar alguma questão.

Os professores que ajudam os estudantes a encontrar caminhos para que o saber aconteça, alargam seus horizontes e os ajudam a descobrir que estudar pode ser prazeroso e gratificante.

 

 Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)