Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Ideias de fantasias de Carnaval para fazer com as sobras dentro de casa

02 de Fevereiro de 2018 | Blogs Antigos

Hoje vamos falar sobre a lição financeira do Carnaval brincante. "Oi? Lição de matemática, Carnaval e brincar em uma mesma frase, é isso mesmo?"

Explicamos.

Já ouviu falar que palavras convencem, mas o exemplo arrasta? Queremos que nossos filhos saibam a diferença entre QUERER e PRECISAR, para que o consumo seja consciente, mas temos ensinado isso?

A criança nem nasceu hoje em dia e já tem uns 8 bailes de debutantes antes de completar 5 anos, planejados pela mãe: chá de revelação, chá de bebê, lembrancinha de maternidade, smash the cake, ensaio de natal, páscoa, do primeiro ano e festa de primeiro aninho. Ora essa, um bebê quer mesmo é que a mãe olhe para ele, toque, dance e, se no aniversário rolar uns brinquedos coloridos que podem ir à boca, excelente!!!

Mal entramos no ano novo e já percebi a movimentação toda das mães para importarem a fantasia da Disney de último lançamento, como se o Brasil fosse terra de se colocar aquelas fantasias pesadas, quentes, cheias de cetim, sintético e plástico!!! Que dó que me dá, gente!

É o desejo da criança, o que ela precisa, ou uma frustração da mãe?

Divã à parte, temos nos esforçado para ensinar habilidades essenciais para a vida das crianças como ler, escrever, aprender um esporte, mas parece que não temos tido tempo suficiente separado para educar financeiramente.

Como podemos fazer isso?

Leve ao supermercado, faça uma lista antes com seu filho. Ir às compras sem lista é desperdício de tempo e dinheiro. No Natal, aniversário, outra data festiva, ensine o valor da comemoração e não o que o marketing quer vender. Ensine a doar, ensine a comprar embalagens recicláveis, e acima de tudo, SEJA EXEMPLO!

Sua filha não precisa de 112 laços de fita, e nem seu filho de todos os super-heróis.

Ensinar aos filhos a planejar seus gastos, poupar e sobre as consequências de gastar mais do que podem pagar, fará com que eles cresçam com um senso de responsabilidade.

E, enquanto isso, bora cair na folia cantando "Quanto riso, oh, quanta alegria! Mais de mil palhaços no salão..." com aquele tutu da aula do balé herdado da prima, feito com uns filós amarrados.

Palhaços são excelente. É só fazer uma golona de papel crepom, incrementar aquele chapeuzinho da última festa com uns pompons e fazer aquela gravata borboleta de cartolina. Aos astronautas, um rolo de papel alumínio fazem a fantasia embrulhando um capacete de bike, botas e braceletes.

Abuse de pintura facial, asas de borboletas, arquinhos, as lojas estão repletas deles, e se inspire em nossas fotos caseiras aproveitando para ensinar aos filhos que, quando transformamos o que está sobrando em fantasia, em família, é muito mais gostoso!!!!

{{{{ODQ=}}}}

 

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)