Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Discalculia

07 de Abril de 2016 | Lição de Casa

DiscalculiaUma pessoa com discalculia tem dificuldade em desenvolver raciocínio aritmético.  O que equivale dizer, uma dificuldade em reconhecer, manipular, compreender os símbolos matemáticos, os números e suas grandezas. A etiologia da discalculia ainda não está completamente elucidada e alguns estudos mais recentes apontam que possui considerável índice de comorbidade com diagnóstico de TDAH. É importante ressaltar que muitos problemas com a matemática não são considerados discalculia. Existem crianças com dificuldade em matemática por falhas nas estratégias pedagógicas, por exemplo. 

As dificuldades de manipular os números e com a linguagem matemática podem se apresentar de várias formas. Existe a discalculia verbal, que tem como sintoma a dificuldade em nomear os próprios números, os termos, os símbolos e as quantidades matemáticas. Há a chamada discalculia practognóstica, que se apresenta como uma dificuldade para enumerar, comparar e manipular objetos reais ou em imagens. Já a dificuldade de leitura dos símbolos matemáticos recebe o nome de discalculia léxica, e a dificuldade na escrita de símbolos matemáticos é conhecida como discalculia gráfica. As pessoas com dificuldade em fazer operações mentais e na compreensão de conceitos matemáticos têm discalculia ideognóstica, e, por fim, caracteriza-se por discalculia operacional a dificuldade na execução de operações e cálculos numéricos.

E como saber se uma pessoa tem mesmo discalculia e de qual tipo? Bom, existem testes específicos para detectar as dificuldades relacionadas com a discalculia e que devem ser feitos por um profissional bem capacitado. Os primeiros sintomas são normalmente percebidos pelo professor que, apesar de usar várias estratégias para que haja compreensão dos conceitos matemáticos, identifica alunos com dificuldade de aprendizagem específica nesta área.

Para superar as dificuldades decorrentes da discalculia, a criança deverá ser submetida a uma intervenção que assegure a compreensão das noções numéricas elementares tais como noções de quantidade, ordem, espaço, distância, hierarquia e as quatro operações básicas (adição, subtração, divisão e multiplicação), dentre outras. Para ajudar o discalcúlico a superar as dificuldades no dia a dia escolar, é preciso que, além da intervenção com um profissional com tal habilidade, ele mesmo possa descobrir, assimilar e utilizar estratégias para potencializar sua compreensão e seu rendimento. Como consequência, além do desempenho escolar, também haverá melhoria de sua autoestima. E aluno em harmonia com sua modalidade de aprendizagem aprende sempre mais.