Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


De volta ao começo

09 de Fevereiro de 2016 | Lição de Casa

EscolaO cronômetro está zerado de novo. Chegou a hora de colocar em prática todas as mudanças pensadas após as reflexões realizadas no final de 2015. O que deu certo e o que pode e precisa melhorar na rotina escolar de nossos filhos? Eu já tenho minha listinha. Como tenho três filhos, detalhes a serem mudados não faltam. 

Quem tem filhos em idade escolar em casa sabe bem a importância dos cuidados em relação à escola desde o início do ano. Devemos ajudar nossos pequenos a desenvolver habilidades e assimilar os conteúdos já no início do ano letivo, pois, de pouquinho em pouquinho, eles vão ficando extensos e mais complexos. E, claro, ir bem nas avaliações. Difícil é explicar e se fazer entender quando os filhos ainda não engrenaram ou ainda falta-lhes maturidade para entender que esse tempo de dedicação aos estudos é precioso. 

O conhecimento precisa ser sedimentado em nós. Reforçar a leitura do conteúdo visto em sala de aula dia a dia faz toda diferença. Sempre falo aos meus filhos e aos meus atendidos no consultório que pegar nos cadernos todos os dias após as aulas pra rever a matéria dada é como moedas colocadas num cofrinho. Como o conteúdo ainda está fresco na cabeça, pois acabou de ser visto, pode-se criar a falsa impressão de que aquilo já "tá dominado". Só que a matéria vai se acumulando, são várias disciplinas... E quando chegam as provas, podem se acumular muitas pequenas dúvidas e o resultado pode não ser tão positivo. 

No início do ano é bom irmos organizando a rotina de estudos logo nos primeiros dias pra pegar o ritmo devagarzinho. Sem exagero, mas é importante ir engrenando. Um bom planejamento de ações pode facilitar bastante o primeiro semestre a fim de prevenir problemas com aprendizagem e notas baixas que viram um problemão no final do ano. 

É preciso lembrar-se sempre de ajudar os pequenos a construir, desde cedo, uma relação de prazer em aprender. Neste sentido, o "Lição de Casa" traz algumas dicas pra começar o ano com força total. Seguem.

Providenciar o material escolar completo. Já vi meus pequenos sofrendo com falta de livro inclusive em editora. Um caos. Não vale a pena. Vai por mim. Com os itens na mão, organizar com seu filho o local de estudos e de guardar o material. 

Cuidar de introduzir os horários, as rotinas desde o início e de forma gradativa, pra não gerar choque e estresse. Uma semana antes do início das aulas, é bom ir diminuindo o tempo de jogos, da internet, do celular, de acordo com os combinados e as regras da família. Se os filhos durante as férias ficaram mais relaxados quanto aos horários de dormir e de acordar, deve-se ir retomando aos poucos essa rotina. Até a criança entrar no ritmo, ou melhor, até todos nós entrarmos no ritmo, paciência é a alma do negócio. 

Em casos em que a crianças já apresentava anteriormente alguma dificuldade específica numa disciplina, pode-se pensar numa revisão de conteúdo pra ajudá-lo. Mas sem stress, senão o efeito pode ser o inverso do desejado e gerar bloqueio. De leve na neve...

Visitar a escola, informalmente. Dá um oi para professora nova, para a coordenação. Marcar presença mesmo. Nunca vi nenhuma pesquisa sobre isso, mas sei por experiência que se te conhecerem na escola, lembrarão quem é o seu filho. Se houver qualquer observação relacionada a ele, você será rapidamente lembrado e avisado, o que vai te facilitar em tomar providências e não deixar que o problema se agrave. Então, prevenção é a alma do negócio. 

Conhecer os pais dos coleguinhas é fundamental. Integrar-se com a turma de pais dos colegas do seu filho aumentam as chances de estreitar vínculos dos pequenos fora da escola, o que contribui positivamente para o desenvolvimento de sua criança. Armar um encontrinho com os coleguinhas já conhecidos da escola neste período de volta às aulas vai ajudar a entrar no clima. 

E claro, no retorno de seu pequeno da escola, procure manifestar interesse em saber como foi o dia dele e os reencontros se ele estiver frequentando a mesma escola do ano passado. Vou te dar uma dica pra você não passar o carão que passei com meus três filhos: fuja das perguntas manjadas tais como "E aí, como foi na escola hoje?" "O que vocês fizeram de legal?" Meus três me imitam até hoje quando vou buscá-los no início do ano. Cheguei a ouvir uma pérola da minha Alice ao fazer essas perguntas: "Mãe, clichê é tão démodé..."