Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Como incentivar nossos filhos a se tornarem pequenos empreendedores

24 de Outubro de 2017 | Meu Dinheirinho

sanduiches_leti-kugler-287263.jpg (433 KB)
Por Carlos Eduardo Costa

Há alguns dias vi que minha filha estava brincando com uma agenda. Perguntada sobre o que estava fazendo, ela me respondeu que estava elaborando o cardápio do “Delícias da Duda”. Ela gosta bastante de assistir a programas de culinária.

Olhei o cardápio e vi várias opções de sanduíches quentes. Tinha o misto completo (com queijo, presunto, tomate e ovo), o misto duplo (com duas fatias de queijo e presunto), o simples (com uma só fatia de queijo e presunto) e o individual (com queijo ou presunto). Escolhi um sanduíche e poucos minutos depois recebi minha encomenda. Paguei para ela o valor estabelecido no cardápio, R$ 2,00.

Qual não foi minha surpresa quando no início da semana seguinte, ela chegou do colégio dizendo que estava cheia de encomendas. Duas já eram para o dia seguinte. Como ela estuda na parte da manhã, teve de acordar bem cedo para fazer suas encomendas. Foi toda feliz para a escola. Quando voltou para casa estava radiante com a satisfação das suas clientes. E disse que tinha conseguido ainda mais encomendas. Para vender mais tinha diminuído alguns preços.

Tinha usado na prática um conceito econômico: diminuição do preço aumenta a demanda. Chamei a atenção dela para um detalhe importante. O preço de um produto tem de pelo menos cobrir o custo daquilo que gastamos para elaborá-lo. E dei uma sugestão. Anotar o material gasto em cada sanduíche e assim seria possível calcular quanto de material era gasto exatamente. E fomos juntos ao supermercado comprar os ingredientes para as encomendas do dia seguinte.

Foi preciso acordar ainda mais cedo, pois eram oito encomendas. Nossa cozinha virou uma linha de montagem. Minha esposa fritando ovos (quase todas as encomendas eram de misto completo), a Duda na misteira e depois cuidando da embalagem. E eu cuidava do irmão dela, que acordou com toda a movimentação. Foi uma farra danada.

Mas quando voltou da escola, apesar de animada com a reação das clientes, Duda disse que tinha encerrado a “Delícias da Duda”. Acordar tão cedo não estava nos planos da jovem empresária.

Esta história é pano de fundo para o tema deste post. Devemos incentivar o comportamento empreendedor dos nossos pequenos. Desenvolver habilidades e características empreendedoras poderá ser um fator diferencial no futuro deles!