Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Como ajudar as crianças a serem mais perseverantes e agirem com determinação

12 de Novembro de 2018 | Educação Emocional
kids-2835430_1280.jpg (185 KB)
Foto: Pixabay

 

Por Danielle Gomes

Transmitir às crianças e aos adolescentes a sua importância é fundamental para despertar neles o encorajamento e o interesse em aprender. Eles precisam acreditar em seu potencial para se sentirem capacitados a resolver seus desafios. A motivação de um aluno depende muito da percepção que ele tem de si próprio.

Não se ensina autoconfiança apenas dizendo a eles que precisam ser mais seguros, confiantes e determinados. As crianças e adolescentes aprendem quando são encorajados a assumir riscos, se expressarem e se posicionarem sem medo de serem criticados.

Evite os rótulos. Suas palavras podem se tornar verdades e, mesmo sem intenção, você poderá instalar uma crença que irá limitar a percepção que eles possuem de si mesmos. Ao ser definida pelo rótulo, a criança poderá se conformar com esse julgamento, podendo carregá-lo por toda a sua vida. Depreciação fere a autoestima e prejudica a comunicação na relação. ‍

Quando internalizam a percepção de que possuem alguma limitação, evitam desafios que exponham suas dificuldades ao invés de se arriscar e tentar superar. Correm o risco de desistir ao primeiro sinal de dificuldade. Todos nós somos bons em algumas áreas e falhamos em outras. Temos que tomar cuidado para não exigir demais. 

A mensagem de que são capazes, é passada na convivência, na rotina do dia a dia, nas relações e na confiança que estabelecemos. Quando demonstramos confiança, eles passam a acreditar em si próprios. Quando os encorajamos e valorizamos seus pontos fortes, ao invés de tentar eliminar os pontos fracos, os ajudamos a utilizar suas habilidades de forma positiva.

Normalmente, tentamos corrigir e melhorar o outro e não nos perguntamos como nós mesmos podemos ser melhores.

Convido você agora a se fazer as seguintes perguntas:

- Como tenho tratado meus alunos?

- Como me comunico com eles?

- Como os estimulo e os disciplino?

- O que e como tenho ensinado?

- Como avalio o aprendizado?

 Ao se fazer estas perguntas, esteja aberto para rever suas atitudes. Você tem o poder transformador na vida das pessoas que influencia. Uma pequena mudança em seu comportamento, na forma como se comunica, pode ser suficiente para construir um elo de confiança.

O que leva os alunos a serem mais perseverantes e agirem com determinação?

- Criar um clima emocional positivo em que se sintam apoiados e valorizados;

- Ajudá-los a desenvolver uma mentalidade positiva;

- Utilizar estratégias de aprendizagem que sejam eficazes e estimulantes;

- Proporcionar uma maior autonomia em seu aprendizado;

- Envolvê-los na criação de regras claras e combinados;

- Dar espaço para se expressarem e assumirem riscos;

- Confiar em sua capacidade e focar em seus pontos fortes.

Ao desenvolver uma mentalidade positiva, os alunos têm maior possibilidade de perseverar diante dos desafios e fracassos. Saber que conseguimos nos sair bem apesar das dificuldades para superar um desafio, gera senso de competência e autonomia.

A resiliência é uma importante habilidade de vida, que ajuda a criança e os adolescentes a gerenciar suas emoções e a lidar com situações desafiadoras. Pessoas resilientes possuem uma maior autoconfiança e conseguem se recuperar mais facilmente de situações adversas.

Mesmo diante de tarefas mais difíceis e complexas, não desistem ou perdem o interesse, mas procuram novas formas de superá-las.

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)