Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


São Francisco em família: as árvores mais velhas do mundo, navios e vinho

04 de Maio de 2018 | Colunas

Por Luís Giffoni

Muir_Woods_National_Monument_wikimedia.jpg (403 KB)
No Muir Woods National Monument, as crianças conhecem algumas das árvores mais velhas do mundo, com mais de 1200 anos
Foto: Wikimedia

 

Uma antiga canção diz que o coração se rende a SÃO FRANCISCO no alto de uma colina, com sua neblina e seu arzinho frio. De fato, basta conhecer essa cidade da Califórnia para entender a canção. Privilegiada pela natureza e pelo gênio humano, São Francisco possui alguns dos cartões postais mais conhecidos dos Estados Unidos. Quem nunca admirou a Golden Gate, com sua estrutura de aço pintada na cor ocre, até hoje uma arrojada obra de engenharia? Quem nunca se encantou com o azul profundo do Oceano Pacífico na baía local? Ou não se impressionou com as curvas e as flores da Lombard Street? Ou não estremeceu ante a fama da Prisão de Alcatraz?

Esses são apenas alguns dos pontos da cidade que atraem tanto as crianças quanto os adultos. Há muitos outros programas. Que tal perder-se no sobe e desce dos morros, deixar-se levar pelas ruas antigas, pelos “cable cars” centenários, explorar as vielas, curtir o clima de férias que rege essa metrópole? Depois de um dia inteiro de exploração, que tal parar com as crianças na Ghirardelli Square, experimentar um chocolate, tomar um sorvete, passear pelo cais e observar os leões-marinhos?

Outro bom programa é ir ao Fisherman’s Wharf, com antigas instalações portuárias transformadas em mercados e restaurantes. Ali se conhecem os estranhos peixes, crustáceos e moluscos do Pacífico que a culinária consagrou. Quem preferir pode se deliciar com um suculento sanduíche de rosbife feito na hora com pão francês quentinho, capaz de saciar até a fome de adolescentes. Depois de forrar o estômago, que tal visitar um submarino da Segunda Guerra que afundou seis navios japoneses e virou museu? Ou um navio que também participou das batalhas?

Nos arredores da cidade, no Muir Woods National Monument, as crianças conhecem algumas das árvores mais velhas do mundo, com mais de 1200 anos, e mais altas também, com até 90 m de altura, isto é, 30 andares. São as redwoods, parentes próximas das sequoias. Caminhar no meio delas leva ao contato com pássaros, veados e esquilos. A natureza ao redor parece ainda intocada.

Para os pais amantes de vinho, uma esticada ao Vale de Napa também pode trazer uma bela confraternização familiar nos amplos espaços para piquenique oferecidos pelas vinícolas. O almoço ao ar livre é uma boa pedida. Em seguida, as crianças vão gostar de amassar a uva para fabricar o vinho. Ou colher os cachos maduros diretamente nas parreiras.

São Francisco oferece muito mais. Tudo se soma para dar razão à velha canção: o coração da gente fica por lá depois de uma visita à cidade.

 

Luís Giffoni é cronista, romancista e palestrante. Autor de 26 livros, tem nas viagens uma de suas paixões. Nelas aprende a diversidade do mundo e das pessoas, experiência que acaba traduzindo em suas obras. Neste espaço, dá dicas sobre como aproveitar o mundo com os pequenos. giffoni@canguruonline.com.br

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)