Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Padecendo no Paraíso: Criança pode namorar?

01 de Junho de 2017 | Colunas

Por Bebel Soares

namoro2.jpg (153 KB)
Criança namora ou não namora? | Foto: Pixabay

 

Meu filho tem 8 anos, ele adora ler, adora Minecraft, adora cinema, adora andar de bike, tem muita imaginação e namora. Mas ele namora assim: "Mãe, criança namora! Mas não igual adulto! É igual ao namoro do Cascão com a Cascuda!"

Sou obrigada a concordar com ele. Criança imagina, criança brinca que é adulta, que tem casa, que tem filhos, que tem marido, que está em Marte, que voa, que tudo!

Criança namora, namoro de criança, que é muito diferente de namoro de adulto, e ela sabe disso. Isso não é sexualizar nem adultizar, isso é imaginar. Que bom que elas podem viver nesse mundo de imaginação e aprender entre si.

Errado é adulto namorar criança, isso é doentio. Errado é adulto ficar incentivando criança a namorar. Errado é adulto reprimir o namoro inocente e puro de uma criança.

Meu filho namora! Eu também namorava quando tinha a idade dele! Ah, eu tive tantos namorados quando era criança! Nunca beijei nenhum, vários deles nem sabiam que eu namorava. Mas eu namorava! Eu suspirava por eles!

Eu combato a pedofilia, quantas vezes já debati sobre esse tema? Quantos livros já li sobre isso? Quantos eventos já fiz? Quantos textos já escrevi? Quantas orientações já dei sobre isso? Nem sei contar!

Mas meu filho namora quem ele quiser, se ele quiser; sim, namoro de criança pode! Namoro de criança é inocente. Eu não incentivo, não estimulo, não fico me metendo, mas também não reprimo, não proíbo e não julgo.

Deixem as crianças serem crianças. Não fiquem incentivando namoro, mas não as reprima se elas falarem que estão namorando. Vamos viver nossa vida de adultos e dar liberdade a nossas crianças para ser quem elas quiserem!

 

 

Padecendo-no-paraiso-horizontal.png (378 KB)Bebel Soares é fundadora da plataforma de apoio a mães Padecendo no Paraíso. Na Canguru ela fala sobre educação, saúde, alimentação, sexo, inclusão e viagens.

site  www.padecendo.com.br