Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Ovos de Páscoa têm diferença de preço de até 91% no mesmo produto

23 de Março de 2018 | Notícias - Canguru On-line
ovos-freepik-cangurusp-home.jpg (153 KB)
Foto: Freepik

Com informações do Procon-SP

A Fundação Procon-São Paulo pesquisou o preço de produtos específicos para Páscoa – bolos, caixas de bombons, ovos e tabletes de chocolate de diversas marcas, tipos e modelos. O ovo Surpresa Pet Cachorros (Dog Ventures) de 150g da Nestlé foi o que apresentou maior diferença de preços - 91,24% - sendo encontrado com valores que vão de R$ 42,99 a R$ 22,48.

Entre os bombons pesquisados, a diferença foi de até 117,22%. As caixas Avelã bag 185g e Cereja bag 195g, ambos da Montevérgine, custavam R$ 12,99 em um estabelecimento e R$ 5,98 em outro. A maior variação nos tabletes de chocolate foi de 78,35% e nos bolos de páscoa de 57,24%.

O levantamento aconteceu nos dias 9, 12 e 13 de março em dez estabelecimentos distribuídos pelas cinco regiões de São Paulo e comparou o preço de 172 itens.

Com intuito de facilitar o comparativo e possibilitar ao consumidor opções mais baratas, o levantamento também estabeleceu o valor médio do quilo, tomando-se como base o valor médio dos produtos pesquisados em 2018: o quilo do ovo de Páscoa com brinquedos custa em média R$ 289,90; já o quilo do ovo sem brinquedos custa R$ 144,52; o quilo do bombom custa em média R$ 111,02; o do tablete, R$ 44,77 e o do bolo de Páscoa, R$ 34,78.

Confira a pesquisa completa aqui

Interior e litoral de São Paulo

Na pesquisa feita no interior e litoral do estado, a maior diferença encontrada entre os ovos de Páscoa foi de 132,93%, em Campinas: os ovos de Páscoa da Arcor Ao LeiteAmargo 70% e Branco, todos de 150 g, foram encontrados em um estabelecimento por R$ 38,90 e, em outro, por R$ 16,70.

Entre os bombons a maior diferença encontrada foi de 130,22%, em Jundiaí, o Cereja Bag, de 195g, da Montevérgine, custava R$ 13,79 em um local e, em outro, R$ 5,99. Nos tabletes de chocolate a maior diferença encontrada, 112,16%, foi em São José do Rio Preto e nos bolos de Páscoa, de 31,02% em Jundiaí.

Foram visitados, entre os dias 9 e 14 de março, 80 estabelecimentos comerciais distribuídos nos municípios de Araçatuba, Bauru, Campinas, Jundiaí, Marília, Praia Grande, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Santos, São Vicente, Sorocaba e Votorantim. Os Procons Municipais de Araçatuba, Campinas, Jundiaí, Praia Grande, Santos e São Vicente participaram da pesquisa.

Confira nos links a pesquisa completa: AraçatubaBaixada SantistaBauruCampinasJundiaíMaríliaPresidente PrudenteRibeirão PretoSão José do Rio PretoSorocaba e Votorantim.

 
Dicas ao consumidor

É sempre importante pesquisar preço e qualidade. Além disso, ao escolher o produto, o consumidor deve verificar com atenção o prazo de validade, a composição e o peso líquido do produto. Veja mais dicas no blog da Fundação Procon-SP.

 Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)