Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


'Família Nalu' viaja o mundo, encanta na tevê e ensina a viver de um jeito diferente

01 de Dezembro de 2017 | Diversão
Everaldo ‘Pato’, Fabiana Nigol e Isabelle Nalu viajam o mundo, encantam os espectadores e, de quebra, ensinam que é possível viver de um jeito bem diferente

Por Luciana Ackermann

NALU-BORDO_2T_EP02_FRAME09 - alta.jpg (267 KB)
'Família Nalu' em uma de suas viagens paradisíacas | Fotos: Divulgação

 

Ela vive sobre as ondas. Nasceu em Honolulu, no Havaí (EUA), começou a surfar antes mesmo de andar, mergulhou com tubarões, navegou com os golfi nhos, ajudou o pai a pescar o jantar da família e foi de standup paddle, com a mãe, comprar pão na ilha próxima ao veleiro, onde viveu por meses. Voou de helicóptero e pulou de pontes em rios de uma altura signifi cativa – missão impossível para muita gente grande. Isabelle Nalu é filha do casal Everaldo Teixeira, conhecido como “Pato”, e Fabiana Nigol. Pato é surfista profissional, especialista em ondas gigantes. Fabiana é cinegrafista, registra o marido surfando e o dia a dia da família, pilota veleiros e dá aulas a Belinha. Os três estão sempre em lugares paradisíacos. Juntos, já atravessaram cinco continentes atrás de novas experiências, de culturas diferentes e, claro, de ondas perfeitas. Fiji, Polinésia Francesa, Indonésia, Austrália, África do Sul, China, Portugal e França são alguns dos lugares que a família já desbravou.

Com 1 mês e 20 dias de vida, Belinha viajou, de carro, do Sul do Brasil ao Chile, e, aos 10 anos, já conhece 38 países. A família leva um estilo de vida inspirador, e as incríveis cenas de suas aventuras transbordam amor, afeto, aprendizado, cumplicidade e um íntimo e encantador contato com a natureza – além de alguns perrengues. O reality show Nalu pelo Mundo tem sete temporadas, que foram exibidas pelo canal Multishow. Já o Nalu a Bordo, em que um veleiro se torna a casa da família, está na segunda temporada, no Canal Off, até janeiro.

NALU-BORDO_2T_EP04_FRAME11 - ALTA.jpg (259 KB)
Belinha já mergulhou até junto com tubarões

Quando Isabelle nasceu, em 2007, o casal já se aventurava pelo mundo havia cinco anos. Os dois decidiram que continuariam as viagens mesmo após a chegada da bebê, e é o que vem acontecendo até hoje. “O essencial para que tudo corresse bem foi a nossa decisão de nos adaptarmos a cada viagem, a cada fase da vida da Belinha, respeitando sempre as necessidades dela, levando ainda uma vida simples, sem muita frescura e com muita liberdade”, diz Fabiana.

Sobre as constantes viagens na rotina da menina, é a própria pequena grande surfista quem responde: “Penso que sou muito sortuda por ter uma vida assim, mas eu queria que todo o UNIVERSO tivesse uma vida igual, porque é muito LEGAL mesmo. Todos os dias eu agradeço a Deus pela minha vida maravilhosa!”, escreve Belinha para a Canguru, grifando as palavras com letras maiúsculas.

“Belinha  já mergulhou com tubarões mais de uma vez. Em Fiji, quando tinha 3 anos, na primeira vez que usou snorkel, levantou a cabeça gritando que tinha visto um tubarão. Mergulhou dentro da gaiola no Havaí e na África do Sul, com tubarões brancos”, relata Fabiana.

Fabiana explica que a filha frequenta escolas pelo mundo, especialmente nos países onde ficam por mais tempo. Isabelle estudou no Chile, na Indonésia, no Brasil e no Havaí, onde, anualmente, frequenta a mesma escola pelos meses em que a família Nalu se instala por lá. “Quando moramos no barco, fizemos homeschooling, ensino doméstico, e é uma experiência muito válida também”, afirma a mãe, que aparece em diversos episódios ensinando a pequena, com o maior carinho e entusiasmo. Fabiana reforça que, apesar de não ser comum no Brasil, os três conhecem muitas famílias com crianças que nunca foram à escola: “Estudam a distância e têm um conhecimento incrível do mundo como realmente ele é. Aprendem outras línguas, têm amigos de diferentes nacionalidades e estudam na prática o que muitos só veem nos livros. Acho importante frequentar a escola também, conviver com outras crianças. Mixar as duas coisas vem dando certo, e ela gosta, que é o mais importante para nós, como pais”. Em janeiro, Belinha voltará às aulas no Havaí.

Para Fabiana e Pato, o mais importante nesse estilo de vida é conviver e acompanhar, de forma intensa e próxima, o crescer da filhota. “Temos tempo para ensinar e desfrutar de muitos momentos bacanas que nunca mais voltarão”, conclui a mãe.

Veja mais fotos da família em suas aventuras:

Nalu_foto2nos gravidos.JPG (273 KB)
Casal já se aventurava pelo mundo havia 5 anos quando Fabiana engravidou
Nalu_Belinha_divulgacao.JPG (429 KB)
Belinha aprendeu a surfar quando estava aprendendo a andar
Nalu_Bela e Pato surfando a Pororoca.JPG (222 KB)
Pato é surfista profissional de ondas gigantes
Nalu_divulgacao.JPG (408 KB)
Belinha e Fabiana de stand up paddle
FRAME NALU_BELINHA_06 - alta.jpg (130 KB)
Belinha faz home schooling com a mãe, no veleiro

 

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)