Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Com ótimo elenco, 'Extraordinário' enfatiza a sabedoria das crianças

13 de Dezembro de 2017 | Diversão - Notícias - Corrente do Bem

Por Rafaela Matias

extraordinario.jpg (76 KB)
Em um misto de drama e comédia, o filme conta a história de Auggie (Jacob Tremblay), um garoto que
nasceu com uma deformidade facial devido a uma raríssima combinação genética.

 

Com a enxurrada de impressões positivas que tomou a internet desde o lançamento de Extraordinário, na última quinta-feira (7), a certeza de que o longa será um páreo duro no Oscar se concretiza no cinema. Baseado no best-seller homônimo, publicado pelo escritor R.J. Palacio em 2012, o filme dirigido por Stephen Chbosky mantém a sacada que garantiu o sucesso de seu preceptor: não colocar a doença como foco.

Em um misto de drama e comédia, o filme conta a história de Auggie (Jacob Tremblay), um garoto que nasceu com uma deformidade facial devido a uma raríssima combinação genética. Após estudar em casa com a mãe-professora, ele precisa encarar o primeiro ano da escola e o bullying que vem junto com ele. Embora pincele as dificuldades de lidar com a diferença e os desafios enfrentados por crianças especiais, este não é nem de longe o tema central. O que realmente importa são as pessoas, suas vidas, emoções e dores.

O filme recorre a clichês que não escondem a vontade de fazer o espectador chorar, mas a produção é bem sustentada por atuações excelentes e uma história que convence. Julia Roberts, como sempre, está maravilhosa na pele da mãe de Auggie, uma mulher forte que escolheu se dedicar plenamente ao filho e que é indiscutivelmente a força da casa. Apesar da pouca idade, o protagonista Jacob Tremblay (que  já brilhou antes no longa “O quarto de Jack”, indicado ao Oscar de melhor filme em 2016) também mostra a que veio. Owen Wilson dá vida ao pai do garoto e poderia ter sido mais explorado – já que vem mostrando um potencial que extrapola as comédias românticas –, mas a impressão é de que ele estava ali somente para trazer leveza ao filme, papel que cumpre bem com divertidos momentos de descontração.

A lição do longa é simples e eficiente: ter empatia. Mesmo que a primeira impressão seja ruim e o julgamento, inevitável, se coloque no lugar do outro, repense, peça desculpas. Afinal, cada um enfrenta a própria batalha e ninguém sabe as dores que o outro carrega. Neste aspecto, a obra não deixa dúvidas sobre o quanto as crianças são melhores e como os adultos têm a aprender com elas.

Duração: 1h54
País: EUA
Gênero: Drama 
Elenco: Jacob Tremblay, Owen Wilson, Izabela Vidovic, Julia Roberts

Assista ao trailer: 

 

Veja as salas e horários do filme nos cinemas de sua cidade.

 

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)