Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Uma brincadeira com máquinas fantásticas, ladies e lords para fazer em casa

09 de Outubro de 2018 | Techkids
ada-lovelace.jpg (35 KB)
Foto: reprodução de imagem do vídeo 'Ada's Ideas'

 

Por Luciana Louro

A segunda terça-feira do mês de outubro é um dia muito especial para todas e todos que gostam de tecnologia. Nessa data, comemora-se a vida da matemática e escritora inglesa Ada Lovelace (1815 – 1852), a primeira pessoa a escrever um programa para uma máquina.

Ela ajudou a executar, na prática, o projeto que o cinetista e matemático inglês Charles Babbage (1791 - 1871) idealizou, da máquina analítica, considerada a antecessora dos modernos computadores. Babbage sonhava em criar uma máquina capaz de calcular operações matemáticas complicadas, muito difíceis de serem feitas manualmente. Até que ele conseguiu planejar sua criação, mas não finalizá-la. Ele não sabia como fazer a máquina cumprir a tarefa de realizar os cálculos. Para superar tal dificuldade seria necessário criar uma lista de instruções a serem seguidas pela máquina durante um tempo determinado. Em outras palavras, Babbage precisava de um algoritmo. (leia post sobre o que é um algoritmo aqui)

Foi Ada Lovelace quem criou o algoritmo para ser processado por máquinas. Isso aconteceu quando ela traduziu para o inglês um documento sobre o invento de Babbage e acrescentou notas explicativas ao mesmo. Essas notas antecipavam ideias modernas sobre programação. A máquina nunca chegou a ser fabricada, mas provocou o interesse de muitas personalidades da época.

Assim, a segunda terça-feira de outubro vem para lembrar ao mundo que as meninas podem programar. Aliás elas sempre programaram!

Nesta coluna proponho uma brincadeira que costumo fazer com meus alunos, que envolve algoritmos, ladies, lords, máquinas fantásticas e muitas descobertas. Esse projeto lúdico é ideal para ser feito próximo ao Dia das Crianças. Afinal, o melhor presente que você pode dar a suas filhas e filhos é a sua presença.
 

Ada Lovelace: seus algoritmos e máquinas fantásticas. 

O que suas filhas ou seus filhos aprenderão:

  • Compreender o que um computador guarda dentro dele
  • Compreender o que são os algoritmos
  • Compreender que os computadores pensam por meio de algoritmos
  • Descobrir quem foi Ada Lovelace: a primeira programadora da história

O que vocês vão aprender juntos:

  • Discutir, descobrir, criar e concretizar ideias
  • Desenvolver o respeito entre meninas e meninos (afinal todas e todos podem programar)
  • Trabalhar em equipe, cumprindo os combinados pré-estabelecidos
  • Divertir-se aprendendo algo novo.

Do que você vai precisar:

  • O filme adaptado em português “As Ideias de Ada” disponível no link:

https://drive.google.com/file/d/1ovbOlW3gjyzgHwfCcVoe8yk6sSQjNMwf/view

  • Duas folhas_pautadas_algoritmo impressas 
  • Uma folha_pautada_lista impressa
  • Das figuras da ficha “O que vai dentro do computador?” impressas e recortadas. Siga as instruções que estão no título.
  • De um lápis e de uma borracha
  • De materiais recicláveis (potes de iogurte, garrafas pets, tampinhas de garrafa, palitos de sorvete, caixas de fósforos vazias, caixas de chá, rolhas e tudo mais o que estiver disponível na sua casa).
  • Tesoura sem ponta, Cola branca, fita crepe e cola bastão.
  • Como material opcional você pode acrescentar glitter, papel colorido picado, lantejoulas e cola colorida.
  • Um laptop ou um computador com teclado, com o link do filme “As Ideias de Ada” aberto ou o filme já baixado.
  • Um brinquedo pequeno, pode ser uma boneca, bicho de pelúcia ou um carrinho.

Tempo previsto:

                 Esta brincadeira é ideal para ser feita ao longo das semanas próximas ao Dia das Crianças, dividindo-a em etapas de uma hora e vinte minutos (incluindo a organização do espaço). Assim a parte da conversa pode ser feita em uma semana, usando de preferência dois dias (do passo 1 ao 4 em um dia e do passo 5 ao 9 no outro). A parte da montagem da máquina fantástica e do algoritmo (passo 10 ao 16), por sua vez, pode ser feita na outra semana, usando dois dias (10 e 11 em um dia e 12 a 16 no outro). Para preparar a segunda semana , a criança poderá ajudar a selecionar os materiais recicláveis a serem utilizados para montar a máquina fantástica e, se quiser, rever o filme As Ideias de Ada.

Organização do espaço da brincadeira

Quando vamos aprender brincando é preciso organizar o espaço. A organização ajudará as crianças a compreenderem melhor as brincadeiras e fará com que o tempo também seja mais bem aproveitado. Por isso todas as sugestões virão com dicas de como organizar melhor esse momento lúdico com seus filhos ou filhas.

  • Organização do espaço para os passos de 1 a 9

Reserve uma mesa ou delimite um espaço no chão com uma toalha, plástico ou EVA. Em cima da mesa ou desse espaço, você colocará o laptop, a cola bastão, as imagens recortadas da ficha modelo “ O que vai dentro do computador?”, a folha pautada lista impressa, o lápis e a borracha. No caso de você ter um desktop em casa (um computador de mesa que não pode ser transportado), será necessário adaptar a brincadeira. Assim inicie a conversa na própria mesa do computador, aonde estarão a cola bastão, o lápis, a borracha, uma folha pautada impressa e as imagens recortadas.

  • Organização do espaço para os passos de 10 a 16

Coloque todos os materiais recicláveis, de colagem, a cola branca e a fita crepe guardados em uma caixa ou em um local de fácil acesso (armário ou mesa) que não esteja visível para as crianças. Faça isso para evitar que elas dispersem durante a conversa inicial. Já o brinquedo deve ser guardado no seu bolso até o momento de utilizá-lo. Deixe, também, as folhas pautadas de algoritmo impressas e de fácil localização. Faça o mesmo com o lápis e a borracha.

Prepare o espaço da brincadeira cobrindo com um plástico o chão ou uma mesa. Cerifique-se que há espaço suficiente para que os materiais recicláveis sejam manipulados mais tarde. Quando tudo estiver organizado, chame as crianças para iniciar a brincadeira. Após explicar o que será feito, relembrando a brincadeira da semana anterior, convide a criança para organizar o espaço de trabalho dispondo os materiais que serão usados para fabricar a máquina fantástica.

Passo a Passo para a brincadeira:


folha_pautada_lista.jpg (1.77 MB)
'Folha pautada lista' que será montada junto com a criança

 

1 Inicie a conversa anunciando que hoje vocês irão brincar de investigar o que tem dentro do computador. Mostre o computador e pergunte: “O que vai dentro do computador?” Enquanto a criança fala, faça uma lista, escrevendo na folha_pautada_lista o que foi dito (respeite o espaço da folha para colar as imagens). Dê algumas sugestões caso você ache que está faltando algo. Pergunte: Tem vídeo dentro destas máquinas? Tem imagem? Tem texto? Tem som? Tem palavras? Etc.

2 Convide a criança para colar ao lado da palavra escrita a imagem correspondente. Se a sua filha ou seu filho ainda não forem alfabetizados deixe-os tentar descobrir as letras correspondentes entre a palavra da imagem e essa escrita na lista. Eles também podem usar outras estratégias como o tamanho da palavra, a quantidade de letras, o formato etc. Se preciso for, ajude-os, incentivando-os a observar as palavras que apresentam letras de seus nomes, do nome do pai, da mãe ou de familiares próximos.

3 Uma vez a lista pronta pergunte: Como é possível colocar tudo dentro deste computador? Tire o brinquedo do seu bolso e pergunte se é possível colocá-lo dentro do computador? Como é possível fazer isso? Deixe a criança deduzir que só é possível colocar o som, a imagem ou o vídeo do brinquedo, pois o brinquedo não entraria fisicamente na máquina

4 Explique que a foto do brinquedo, o som ou vídeo só entram no computador se uma pessoa falar para o computador fazer isso. Explique, igualmente, que para falar com o computador é preciso saber escrever na língua dele: a linguagem de programação.

5 Anuncie que hoje vocês vão descobrir como se fala com o computador e que o primeiro passo para isso é saber fazer uma lista de tarefas para resolver um problema. Neste momento pergunte: Mas o que é uma lista? Isso que eu escrevi aqui no quadro é uma lista? Por que é uma lista? Como está escrito?

6 Faça a criança perceber que os itens estão escritos em uma ordem determinada pela posição de qual item está em cima e qual está embaixo e, por isso, trata-se de uma lista. Depois convide a criança a dar um título para lista (um que descreva qual tipo de informação a lista está reunindo).

7 Diga que uma lista de instruções feita para resolver problemas tem um nome: algoritmo. Fale que vocês vão descobrir como montar algoritmos divertidos.

8 Conte que toda a segunda terça-feira de outubro é o dia da primeira pessoa que fez um algoritmo, ou uma lista de tarefas para resolver um problema, e escreveu esse algoritmo na forma de um programa para uma máquina seguir: a Condessa Ada Lovelace. Convide a criança para assistir o filme das Ideias de Ada.

9 Depois do filme converse sobre como Ada conseguia pensar em invenções incríveis como o cavalo voador de aço, as máquinas que exibiam imagem, som e movimento (muito parecidas com os computadores de hoje). Explique que ela fazia isso usando a matemática e a imaginação.

10 Por fim, diga que hoje é dia de sonhar com uma máquina fantástica e montá-la com materiais recicláveis. Deixe a criança escolher livremente seus materiais (dentro daqueles que você já pré-selecionou). Se preciso for ajude-a a concretizar seu projeto, colando as partes mais difíceis e ajudando-a quando a tarefa for complexa demais para ela.

folha_pautada_algoritmo.jpg (1.72 MB)
'Folha pautada algoritmo' para registrar o algoritmo
da máquina criada com papel reciclável

 

11 Quando a criança tiver terminado de montar a máquina, peça para ela descrever, por etapas, o que ela fez. Vá listando as tarefas realizadas na folha_pautada_algoritmo, colocando uma embaixo da outra seguindo a estrutura da folha pautada. Atente para deixar um espaço para enumerar cada tarefa.

12 Ao terminar a lista, pergunte – Isso aqui é uma lista? Compare com a lista de coisas que vão dentro do computador.

13 Após concluir que trata-se de uma lista, pergunte: - Se eu seguir esse passo a passo consigo fazer uma máquina igual à sua? Deixe a criança deduzir que sim.

14 Depois, pergunte: - Posso começar pela final da sua lista? Deixe a criança perceber que não (pois não dá para começar pelos detalhes como decoração, olhos, boca etc.).

15 Por fim, questione: – Isso que acabamos de fazer é uma lista de tarefas para resolver o problema de como montar uma máquina igual à sua?

16 Quando a criança disser que sim explique que vocês fizeram um algoritmo de como montar uma máquina fantástica, ajude-a a pensar em título (um que descreva qual tipo de problema o algoritmo está resolvendo) e conclua a brincadeira. 

Boa diversão!

 

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)