Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Qual é o melhor presente para o seu filho?

09 de Janeiro de 2018 | Conexão Familiar
presente1.jpg (30 KB)
Foto: Pixabay

Por causa do Natal, muitas famílias tiveram esta dúvida no mês passado: qual presente devo dar ao meu filho? Antes de responder a pergunta, quero te questionar: qual foi o melhor presente que você já recebeu?

Independente da sua resposta, aposto que lhe gerou um sentimento por lembrar de alguma experiência. Algumas respostas podem ter sido "meu filho", "meu companheiro", "minha vida", "meu trabalho", "uma certa viagem". Outras, podem ser "meu carro", "minha bicicleta", "meu carrinho de rolimã". Não importa se esse presente é material ou não, o que importa é que você  lembrou dele por ter vivido algo em especial.

Eu me lembro direitinho quando ganhei meu brinquedo favorito -- uma miniatura de lanchonete, com as pecinhas minúsculas dos lanches que eu gostava naquela época. Hoje, ao recordar, fecho os olhos e me vejo na sala de estar de minha avó, acompanhada de meu irmão e meus primos, brincando no chão com essa miniatura e sentada ao lado de meu avô... Meu avô adorava brincar com nossos brinquedos e essa ação transformava o momento em algo muito especial.

Na tentativa de entender o significado disso, encontrei uma explicação. Toda experiência vai além da experimentação, uma vez que leva em conta o modo particular de quem vivenciou esse momento. Em outras palavras: experiência é o contato direto e característico com aquilo que se apresenta a uma fonte cognitiva de informações (como a percepção, a memória, a imaginação e a introspecção).

A experiência não é produto do seu conteúdo, mas sim o contato direto com certo conteúdo no modo característico e personalizado. Por exemplo, quando eu ouço uma música dos anos 90 a minha experiência é diferente da experiência de minha filha que nasceu em 2001. Quando eu recebo um livro novo e sinto o cheiro das folhas, minha experiência provavelmente será diferente de uma pessoa mais tecnológica do que eu. E assim por diante.

Por isso, se ainda está se perguntando se você deu o presente certo para seu filho, que tal mudar essa pergunta para: como posso fazer esse presente se tornar inesquecível? Promova experiências, crie formas diferentes de usar esse presente. Permita-se inovar. Por que você não usa as suas lembranças para proporcionar algo especial para o seu filho também?

Lembre-se de que a presença pode transformar qualquer presente no melhor do mundo!