Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Para empreender, una o que você gosta, o que faz bem e o mundo precisa

24 de Maio de 2018 | Empreender e Maternar
mulherfotografandonatureza.jpg (222 KB)
Foto: Pixabay

 

Criar um negócio vai muito além de ter um espaço físico, com entrega de um produto e acompanhar o balancete da empresa. Até porque um negócio não precisa necessariamente ter um espaço físico.

John Howkins, escritor do livro The Creative Economy, fala que empreendedorismo criativo são pessoas que usam a criatividade para gerar riqueza a partir de si mesmas. São pessoas que ganham dinheiro fazendo aquilo que amam e que dá prazer, tendo como ponto de partida tudo aquilo que já tem e que está escondido dentro de cada um de nós.

O primeiro passo para transformar as suas paixões em um negócio lucrativo é mapeá-las da seguinte forma:

Paixões

# O que você mais ama fazer?

# O que você não vive sem?

Algumas mamães me dizem que não sabem do que realmente gostam. Isso é natural porque, na correria do dia a dia, esquecemos de que quem realmente somos.

Se isso também acontece com você minha sugestão é que você se conecte com a sua criança interior.

Procure lembrar do que você mais gostava de brincar, como que as pessoas te viam, o que te deixava feliz.

Outra dica é você experimentar coisas novas. Recentemente eu descobri que amo escalar, mas isso só foi possível porque eu me abri para experimentar algo totalmente diferente da minha rotina.

Interesses

# Quais são os seus temas favoritos?

# O que você gosta de conversar em rodas de amigos?

# O que você mais busca na internet?

# Qual é a sua sessão favorita em uma livraria?

Experiências

# O que você já fez até hoje?

# O que aprendeu?

Habilidades

# Em que que as pessoas te pedem ajuda?

# Pelo quê você costuma ser elogiada?

Depois disso, comece a observar do que as pessoas estão precisando e como você poderia ajudá-las integrando suas qualidades em um produto ou serviço pelo qual existam pessoas dispostas a pagar.

fluxograma_blog_vanessaribeiro.jpg (35 KB)

 

Transformar as suas paixões em um negócio lucrativo está na congruência do que você ama fazer, faz bem feito, o mundo precisa e as pessoas pagam por isso.

Se você não amar o seu negócio, ele não resistirá aos momentos difíceis que toda empresa passa.

Se você deseja empreender suas paixões, mas ainda não tem clareza do que poderia fazer, este vídeo vai te ajudar a se conectar com o seu propósito:

Fica com Deus e até o próximo post!

 

 Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)