Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


O dia em que conheci o 'papai pop' Marcos Piangers

30 de Março de 2017 | Pai tem que fazer de tudo

ReproduçãoNa última terça-feira, 28 de março, tive o prazer de assistir à palestra e trocar uma ideia com o "Papai é pop". Melhor dizendo: com o papai Marcos Piangers.

Ele com certeza é um dos grandes representantes da bandeira da paternidade, por isso sempre quis conhecê-lo para trocar uma ideia e aprender. Ele demonstra essência, verdade e está em todos os lugares. E isso é muito bom! Ter um cara conseguindo "falar alto" sobre a mesma pauta que a minha e de milhares de pais e mães. 

Mas eu tinha que correr para chegar a tempo ao evento, do outro lado da cidade. Era a minha chance de vê-lo. Tinha 1h para fazer o trajeto Pampulha-Praça da Assembleia. Minha NOSSA! Foi quase como numa narração de corrida de cavalos! 

Respirei fundo e lá estava o cara! Começou falando sobre a sua história de não ter tido um pai presente, ressaltou a sua mamãe e depois comentou as suas inseguranças quando ficou sabendo que estava grávido. Ficou perdidão no parto... ainda sem entender o que estava acontecendo. Todo mundo achando divertido. Eu assumo de coração que fiquei um pouco preocupado – como assim ele falando desta forma meio que "acabando com a gente"? rsrsrs. Tinha um papai grávido na minha frente que até engoliu seco com as observações. Ele deve ter pensando: "$%&¨&%!". 

Piangers deu um choque em todos. Abriu sua caixa de emoções e verdades sobre o que é ser PAI. Mudou o clima e a energia do local. Assumo que chorei meio que escondido, pois só pensava no meu filho Samuca. Relatou coisas simples, mas nós que somos pais e mães sabemos que é a melhor coisa do mundo. "A apresentação da escola e todos os pais chorando". Falou como as mamães sofrem, mas destacou como elas são fortes. Passou vídeos lindos de pais e seus diferentes estilos. Enfim, é um pai! Que nos representa muito bem. Por isso, destaquei "papai Marcos Piangers" no início do texto. Senti nele um palestrante, claro, mas com essência e sem fórmulas milagrosas. É um cara que conta a sua bela história

Depois da palestra, aquele meu desconforto inicial, quando ele fazia todo mundo rir, passou. Era somente a história dele e com o jeitão dele mesmo.  

No final, conversamos rapidinho, gravamos um vídeo e trocamos contatos. Muito gentil, alegre e próximo! PARABÉNS MESMO!

Com certeza me deu força para continuar investindo a minha vida à Comunidade Pai tem que fazer de tudo. Não é fácil, mas estou forte e conto com vocês!