Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Festa de aniversário dos filhos é um gasto desnecessário?

10 de Abril de 2018 | Meu Dinheirinho

aniversariofesta_pixabay.jpg (129 KB)

Em uma das primeiras palestras de educação financeira a que eu assisti, o palestrante (muito famoso naquela época) deu uma série de conselhos para se gastar menos. Em um deles, disse que achava um verdadeiro absurdo pais gastarem com festas infantis. Para ele, um gasto totalmente desnecessário. Afinal, as crianças não sabem bem o que é aquela festa. Citou até um caso, do seu próprio filho. Ele tinha se tornado pai e queria comemorar o primeiro aniversário do filho. Ele disse então que em casa de ferreiro não pode se ter espeto de pau. Acabou convencendo o filho do desperdício que seriam os gastos com a festa. E que aquele gasto, se fosse devidamente investido, poderia no futuro ser utilizado para algo, segundo ele, mais nobre.

E diante do questionamento da mãe que achava que poderia ser traumatizante para o filho no futuro saber que não teve uma festinha de 1 ano, ele teve a grande sacada. Sugeriu que a família aproveitasse a próxima festa de um aninho em que fosse convidada e pedisse licença aos anfitriões para tirar umas fotos na mesa de parabéns. Com isso, o netinho poderia ver os registros da “sua” festinha de aniversário. A plateia riu bastante. Não foi o meu caso.

Primeiro, pois acredito que não se podem generalizar comportamentos. Gastar com festa, para ele, pode ser desnecessário, mas para muitas famílias pode ser algo importante. E pode ser inclusive uma oportunidade para trabalhar a educação financeira com nossos filhos.

Lá em casa, nós sempre comemoramos os aniversários da Duda e do João Pedro. Pois acreditamos ser uma forma de celebrar o crescimento deles e marcar todas as conquistas de cada etapa. Mas temos um princípio importante. Os gastos da festa são limitados às possibilidades do nosso orçamento familiar. E isso faz com que as festas deles demandem escolhas. Não podemos fazer tudo aquilo que gostaríamos ou até tudo aquilo que eles sonham. E utilizamos a criatividade como forma para mostrar para eles a importância daquele momento. Sempre buscamos novas ideias para que a festa daquele ano seja diferente e que não fuja do orçamento. A Duda já teve festinha no cinema (assistindo com todos Madagascar), no teatro (com uma apresentação do Pluft – o fantasminha camarada para seus convidados) e um delicioso piquenique em parque de Belo Horizonte. No ano passado, ela queria uma festa do pijama. E minha esposa se empenhou bastante para que aquele momento fosse especial. O quarto do hotel ficou bem decorado e cada convidada recebeu um pijama customizado. E o valor gasto estava dentro de nossas possibilidades. Tenho certeza que a farra daquela noite será uma memória para sempre para a Duda e suas amiguinhas.

E assim pretendemos fazer neste ano. Criar uma festinha marcante para a Duda e para o João Pedro. É a nossa receita. Que pode ou não servir para outras famílias!

 

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)