Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


As crianças podem aprender desde cedo a perseguir sonhos

15 de Janeiro de 2019 | Educação Emocional
jump-2524300_1280.jpg (235 KB)
Foto: Pixabay

 

Da redação

Nesta época do ano, costumamos fazer planos para um novo ciclo que se inicia. Mas o que nos leva a colocar em prática essas metas? O primeiro passo é ter clareza do que se quer alcançar, conseguindo visualizar os benefícios que serão gerados em consequência. As metas devem estar alinhadas aos valores pessoais e ao que realmente tem significado.

Para construir um planejamento efetivo é preciso estabelecer os objetivos, criando os desdobramentos das ações que darão a direção para o futuro. A combinação de automotivação e força de vontade são fatores fundamentais. Ajudam a criar a força necessária para seguir adiante mesmo quando for preciso enfrentar alguns obstáculos no caminho.

Podemos ensinar desde cedo para as crianças a importância de perseguir sonhos e encontrar a realização pessoal. Algumas habilidades como foco, determinação, autocontrole e atitude positiva, ajudam no sucesso dos resultados:

- Foco - significa ter um objetivo, estabelecer um planejamento, ser organizado e ter persistência para atingir as metas e alcançar o que se pretende.

- Determinação - capacidade de enfrentar os desafios, aprendendo a lidar com as frustrações, mantendo o ânimo para persistir em alcançar os objetivos;

- Autocontrole - conseguir administrar as próprias emoções, capacidade de organizar e controlar o pensamento para manter a mente focada;

- Atitude positiva - para enxergar o lado bom da vida. Poder buscar a solução dos problemas e cultivar emoções positivas, sendo capaz de desenvolver uma postura otimista.

Essas capacidades podem ser aprendidas, praticadas e ensinadas. São sobretudo reflexo do ambiente em que estamos inseridos. Somos um modelo para as crianças e devemos ter a coerência necessária e a consistência entre o que falamos e o que fazemos.

Quando transmitimos a mensagem de que elas podem ser bem sucedidas, têm mais chances de perseverarem e enfrentarem com resiliência os inúmeros contratempos e frustrações com que terão que lidar em suas vidas. No entanto, não é falando que a pessoa precisa ser determinada que assim ela será.

A mensagem é passada pelas experiências e pelos exemplos. Falar com franqueza sobre os erros cometidos as ajuda a ver o que poderiam ter feito diferente. Poder entender o erro como uma oportunidade de aprendizagem. Ensiná-las a abdicar da gratificação em curto prazo por uma oportunidade de resultado em longo prazo.

Quando as crianças se sentem apreciadas, valorizadas e respeitadas por serem quem são e não pelo que fazem, recebem mensagens importantes sobre pertencimento, segurança, estabilidade e seu lugar no mundo. Elas serão capazes de tomar melhores decisões para conquistar o que desejam.

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)