Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


5 primeiros passos para abraçar o #DiaDeDoar

24 de Novembro de 2017 | Blogs Antigos
doacao-pixabay.jpg (89 KB)
Foto: Pixabay

"Alguém sabe que dia é hoje?" Foi com essa pergunta que iniciei minha palestra sobre fazer o bem em uma empresa que abriu espaço – importante dizer: uma indústria com alta produtividade e complexidade - para incentivar e inspirar funcionários a realizarem ações solidárias.

"Hojé é a Black Friday!" Disse eu, vendo olhares surpresos. Dia em que o comércio e as pessoas estão todas mobilizadas para o consumo. Uma data estrategicamente criada antes do Dia de Ação de Graças e do Natal, quando as pessoas se presenteiam.

E a partir deste contraposto, segui a reflexão de que também nessa época, muitas pessoas costumam parar para pensar sobre como podem colaborar para um mundo melhor. São opostos que se atraem. Geralmente, quando passamos por um período de consumismo, de alguma maneira, somos convidados ao desapego material e apego ao ser humano.

Como representante de uma instituição filantrópica, vivenciamos o auge das doações neste período. Inclusive, inserimos isso no nosso planejamento, sabendo que os meses posteriores, especialmente janeiro e fevereiro (descanso, férias, Carnaval), receberemos poucas visitas e recursos.

Foi aí que surgiu uma outra data, aqui no Brasil intitulada #DiadeDoar, sobre a qual escrevi no post passado. Em meio a esse turbilhão de informações e incentivo ao “compre”, temos uma outra palavra na campanha: "doe”.

Se você está lendo este post é porque está mais para o movimento do "doe". Às vezes, é necessário que alguém pegue em nossa mão e nos convide para dar este primeiro passo. O primeiro, pode ser pequeno e simples, não importa.

Então, neste momento, pego em sua mão e lhe sugiro alguns primeiros passos:

- Abra seus armários e desapegue-se de coisas que não usa mais. Elas podem ser extremante úteis para alguém, seja vizinho, familiar, abrigo, morador de rua.

- Escolha um livro que mudou sua vida e entregue a alguém. Isso também pode ser muito útil.

- Pesquise organizações filantrópicas e escolha alguma para uma mobilização coletiva em prol da causa.

- Visite alguém que esteja precisando de você de alguma froma e leve algo para compartilhar: um bolo, um remédio, flores.

- Abra o seu coração e se ligue no radar do bem. Compartilhe coisas boas, faça pequenas gentilezas e enxergue o seu entorno.