Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


É importante crianças andarem descalças ou com sapatos adequados

12 de Março de 2018 | Notícias

Noeh apresenta:

pezinhos_natureza_noeh_divulgacao.jpg (299 KB)

Nós evoluímos para crescer junto à natureza – toda nossa estrutura muscular e óssea se desenvolveu em resposta ao ambiente em que nossos ancestrais viviam. Porém, há pouco mais de cem anos, passamos a viver em um ambiente urbano com estímulos totalmente diferentes, e isso vem prejudicando nosso desenvolvimento natural. “Atualmente, 75% das crianças chegam aos 7 anos com algum problema nos pés, desde pés planos e pisada torta até questões mais complexas, sendo que somente 2% das crianças nascem com algum problema”, diz Ana Paula Lage, designer e pesquisadora da Noeh Baby, que desenvolve projetos de produtos com foco na saúde infantil, e pesquisadora do Medical Pediatric Device Consortium do Mott Children’s Hospital, na University of Michigan Health System. “Essa alta taxa de anormalidade adquirida durante o desenvolvimento motor infantil tem grande relação com o ambiente em que vivemos e com os calçados que usamos”, completa.

A natureza oferece características fundamentais para o desenvolvimento motor, incluindo consciência corporal, equilíbrio e percepção espacial. “Na fazenda, no quintal ou na pracinha, a criança amplia a percepção do mundo a sua volta, expandindo a capacidade de aprendizagem. Ela tem à disposição diversos tipos de superfícies para caminhar, se equilibrar e tem mais espaço para se movimentar”, diz Ana Paula.

Aprender a andar descalço, principalmente em solo natural, causa uma instabilidade que provoca os músculos e articulações dos pezinhos. Estimular isso desde a primeira vez que os bebês ficam de pé, mesmo com ajuda de apoios, pode influenciar na qualidade e velocidade do desenvolvimento motor, além de auxiliar a formação normal dos músculos e articulações dos pezinhos.

No entanto, atualmente, os bebês urbanos aprendem a andar em superfícies pavimentadas, planas e duras, e ainda usam calçados inadequados. “Uma vez que não há superfícies irregulares e móveis sob os pés para estimular a formação normal da musculatura, a caminhada não natural pode tornar-se um hábito muito difícil de mudar, podendo vir a ser uma fonte de incapacidades na vida adulta, gerando anormalidades nos próprios pés e reverberando nos joelhos, quadris, coluna etc”, explica Ana Paula. Portanto, é de extrema importância para a criança aprender a andar descalça, se possível em solos naturais, ou usar calçados que proporcionem essa experiência. 

Saiba mais em www.noeh.com.br

 

Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)