Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Criada pela atriz Cláudia Abreu, série infantil 'Valentins' estreia neste mês

01 de Junho de 2017 | Diversão - Notícias
Série criada e protagonizada por Cláudia Abreu aborda o medo, mistura suspense com comédia e traz quatro atores mirins

Por Luciana Ackermann

Valentins_JulianaCoutinho_00087.jpg (287 KB)
Elenco alegre: crianças protagonizam série criada pela atriz Cláudia Abreu | Foto: Juliana Coutinho

 

Máquina de conselhos, capacete da memória, armário mágico — é só entrar e sair prontinho de lá — e telefone que anda pela casa, chamado de Graham Bell. Essas são algumas das "traquitanas" que dão uma dose extra ao universo lúdico e fantástico da série Valentins – Uma Família Muuuito Esperta, que estreia em 12 de junho, às 20h30, abrindo as comemorações dos cinco anos do Canal Gloob, da TV fechada.

A superprodução marca o lançamento da atriz Cláudia Abreu na escrita, matando sua vontade de se dedicar a um projeto próprio e também de atuar nas criações de outras pessoas. Ao abrir a Zola Filmes com o marido, o cineasta José Henrique Fonseca, que assina a direção-geral da série, esse desejo se tornou mais forte. Mãe de quatro filhos, Cláudia começou desenvolvendo algumas ideias. "Quis escrever para crianças não só porque tenho filhos, mas porque sinto que há espaço. Falta conteúdo para o público infantil, apesar de existirem muitos bons programas", conta ela.

Em 2013, Flávia Lins e Silva, escritora de livros infantis e juvenis e roteirista do Detetive do Prédio Azul, esteve na Zola para falar sobre outro projeto. Após o encontro, Fonseca sugeriu que a esposa procurasse Flavia para uma conversa. E foi assim que as duas engataram a parceria, ao longo de 2013, e escreveram tudo juntas. "Ficamos tardes e tardes comendo bolo com café e juntando ideias, num processo criativo delicioso. Falamos sobre nossas experiências, infância, filhos, sobrinhos. De vez em quando, aparecia um dos meus filhos e a gente já aproveitava e fazia uma entrevista com ele", relembra Cláudia, que levou a sinopse ao Gloob e, na véspera do Natal de 2014, recebeu a notícia da aprovação do projeto.

Leia também: Em entrevista à Canguru, Cláudia Abreu fala sobre a carreira, os quatro filhos e como não perder a individualidade; confira na íntegra

A série, repleta de suspense, comédia e mistério, conta com duas temporadas, cada uma com 26 episódios. A história acompanha o dia a dia da família Valentins, formada pelo casal de cientistas Artur e Alice (Guilherme Weber e Cláudia Abreu) e pelos filhos Betina, João, Lila e Theo.

O pai é uma espécie de gênio e todos ficam na expectativa de uma grande invenção. Já Alice faz alquimia culinária e seus bolinhos têm um efeito a mais, são capazes até de hipnotizar os moradores da cidade com seu cheiro. Sem um período de tempo definido a trama ocorre no passado. Em meio à história, pai e  mãe desaparecem misteriosamente, e os quatro irmãos precisam aprender a lidar com os medos, tentando se virar sozinhos e descobrir o paradeiro dos pais.

No elenco, também estão Luis Lobianco, que faz o engraçado vilão Randolfo, as atrizes Guida Vianna e Malu Valle, além das participações especialíssimas de Luiz Miranda e da atriz Malu Mader. "Esse programa tem embutido nele um grande afeto, uma dedicação amorosa. Daqui a 30 anos, a gente vai pegar Valentins e, sem dúvida, ver esse trabalho como legado amoroso à infância", afirma a atriz e escritora Cláudia Abreu.

QUEM É QUEM?

Conheça os quatro artistas mirins que fazem a família Valentins:

valentins_JulianaCoutinho_00121.jpg (511 KB)
Os atores mirins de 'Valentins' | Foto: Juliana Coutinho

Rebecca Solter

A garota de 12 anos interpreta a filha mais velha do casal Valentins, que tem 11, e a série marca a estreia dela na carreira de atriz. "Nenhum curso de teatro vai ensinar tudo que estou aprendendo aqui", resume a atriz, que espertamente diz estar diante de uma grande "oportunidade" ao trabalhar e estar no mesmo elenco de profissionais consagrados como a atriz Cláudia Abreu e o ator Luis Lobianco. "Eu estudo aos sábados e domingos porque já sei que ao longo da semana terei menos tempo", diz. Ao ser questionada sobre a possível fama, ela conta que não faz ideia de como será quando Valentins estiver sendo exibida e talvez fique meio tensa diante dos olhares dos amigos da escola.

Arthur Codeceira

Ele tem 11 anos e quatro de experiência como modelo e ator, tendo participado de dois longas-metragens, Órfãos do Eldorado e Maresia. Nasceu em Nova Friburgo, região serrana do Rio. Nos intervalos das gravações, Arthur se diverte jogando pingue-pongue com a equipe da série. “É um trabalho bem divertido, faço novos amigos, gosto de todos, dos câmeras, da continuísta, atores, diretores”, resume o garoto, que sempre foi parado na rua com pessoas dizendo que ele era muito bonito e tinha que ser artista. Arthur interpreta o marrento João.

Duda Wendling

A carioquinha de 10 anos, que interpreta Lila, não se intimida, diz que quer ser a próxima Fernanda Montenegro. “Já posso tirar meu DRT (o registro de ator), já fiz mais de dez peças de teatro”, conta Duda, que atuou em diversas novelas, como Avenida Brasil, Joia Rara e Cúmplices de um Resgate. “A escola está favorável, tirei 9,8 na prova de inglês”, diz a menina que já sonha em se tornar diretora também. “Um dia quero fazer uma vilã. Adoro estar na frente e atrás das câmeras.”

Otávio Martins

Nasceu em Novo Hamburgo, cresceu em Dois Irmãos, no sul do país, mas há cinco anos se mudou para o Rio. “Lá não tinha nada, é só dar uma volta que acabou a cidade. Aqui tem espaço, é mais aberto, tem o mar. Eu amo praia. Acho que só volto a morar lá adulto”, resume o menino, de 8 anos, que interpreta Theo, de 6 anos, o caçula da família Valentins. Foi olhando seu irmão Eduardo Martins trabalhando como ator que Otávio quis entrar em cena, e garante que tira de letra decorar os textos. “Amo trabalhar, já fiz vários comerciais, participei de novela, filmes.” Em sua carreira como ator, se diverte dizendo que já contou piadas para Gisele Bündchen.