Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


Partos no SUS serão monitorados para evitar cesáreas desnecessárias

13 de Março de 2018 | Saúde - Notícias - Canguru On-line
gravida-pixabay-cangurusp-m.jpg (164 KB)
Foto: Pixabay

Com informações da Agência Saúde

O Ministério da Saúde criou um sistema que fará o monitoramento online de todos os partos cesáreas ocorridos nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo, segundo o órgão, é reduzir a realização desse tipo de procedimento quando desnecessário.

Para tanto, a pasta pretende identificar os pontos fracos de cada serviço e assim criar mecanismos que ajudem a investir na realização de parto normal. A ideia é que a equipe e gestante discutam o plano de parto para que seja feita a escolha pelo melhor tipo de procedimento e que não coloque em risco a vida da mãe e do bebê.

Gestores e usuárias do SUS poderão acompanhar o monitoramento pelo site da Secretaria de Vigilância em Saúde, a partir do dia 19 de março.

Para fortalecer a realização do parto normal, a pasta irá implantar o projeto Parto Cuidadoso em 634 maternidades do país. Inspirado no projeto Parto Adequado, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que conseguiu em três anos evitar que 10 mil cesarianas fossem realizadas desnecessariamente em 35 hospitais. Entre os hospitais que participaram do piloto estão o Hospital Israelita Albert Einstein e o Sophia Feldman (BH) e Agamenon Magalhães (PE).