Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


O resgate da verdadeira essência das festas infantis

01 de Fevereiro de 2017 | Artigos

Por Thalita Nunes

 

Foto: PixabayÉ certo que existe um mundo de opções para quem deseja realizar uma festa infantil, onde é possível contratar desde a confecção dos convites até a equipe de organização do evento. Este mundo, que muitas vezes produziu festas grandiosas e exageradas, está cada vez mais aberto a um novo conceito, que vem justamente no sentido oposto: o resgate das comemorações caseiras. Observe que "caseiro" não significa improvisado ou barato, mas sim feito em casa, com amor, para quem é amado.

Apesar de existirem excelentes profissionais capazes de tornar esse sonho realidade, o que se vê atualmente no mercado de festas é a volta da participação dos pais, dos próprios filhos, de amigos e de parentes no planejamento e na organização das festas. Afinal, tem coisa mais gostosa do que ver os pequenos curtindo aquele momento tão esperado e saber que foi uma alegria, desde a entrega dos convites até os "parabéns"?

O que se vê atualmente no mercado de festas é a volta da participação dos pais, dos próprios filhos, de amigos e de parentes no planejamento e organização das festas

Esse novo conceito trabalha a criação da festa considerando a história da criança e da família, para tornar aquele evento singular. Para isso, nenhuma lembrança deve ser subestimada. Incrementar a mesa do bolo com brinquedos do aniversariante ou artigos adquiridos em viagens, por exemplo, é cada vez mais comum. A decoração não é mais tão ostentativa, mas jamais perde a relevância, pois existe uma nova preocupação em trazer peças que expressem os sentimentos e as expectativas da criança.

Os pais ou responsáveis passam a cuidar mais de perto de itens como a lista de convidados, a decoração e a alimentação que é oferecida. Os cardápios cheios de frituras e refrigerantes são substituídos por opções mais nutritivas. Servir o que as crianças estão habituadas a comer no dia a dia é sempre uma boa estratégia. Na faixa de 1 a 3 anos, elas geralmente adoram gelatinas, e, quando se trata de pré-adolescentes, sanduíches naturais e picolés de frutas são bem-vindos.

O importante é dar valor ao que realmente tem valor, afinal, celebrar o aniversário também é uma oportunidade de agradecer, aprender e alegrar a vida dos que contribuem para a nossa felicidade. Fazer uma festa para que nossos filhos possam se divertir, independentemente do tamanho e de quanto se gasta, é o que realmente vale a pena.

 

Thalita Nunes é apaixonada por organização e decoração de eventos. Atua como analista de marketing há três anos na empresa de locação de artigos para eventos Morieli Festas.