Consulte a Melhor Programação para o seu filho

Consulte a melhor programação para o seu filho

Ver todas as atrações


'A comunicação entre os pais e a escola sempre será um desafio'

01 de Novembro de 2017 | Artigos

Por Camila Reis

Quem tem um filho matriculado em uma instituição de ensino básico deseja saber quase o tempo todo o que está acontecendo na vida escolar deles. Não importa se o filho está na educação infantil ou no ensino médio, os pais e os responsáveis sempre querem ser informados de toda a rotina escolar. E eles têm razão.

Há alguns anos, a melhor forma de comunicação entre a escola e os pais era um bilhete afixado no caderno, porém aquela informação só chegaria ao pai no dia seguinte. As reuniões que aconteciam ao final de cada etapa não eram suficientes para esclarecer questões que precisavam ser ditas com mais urgência. A partir disso, percebeu-se que a comunicação com os pais precisava ser mais ágil e acompanhar as mudanças na sociedade.

Com o advento da internet no Brasil nos anos 90, algumas transformações foram perceptíveis, como a forma de comunicação entre as pessoas. No ciberespaço, as relações são diferentes, a interação é imediata, e as informações ganham instantaneidade quase inimaginável. Os avanços da tecnologia permitiram a criação de novas formas de comunicação: o e-mail ganhou mais facilidade de acesso, e as escolas viram nele uma importante ferramenta para estar em contato com os pais. As informações que precisavam ser transmitidas imediatamente foram privilegiadas com essa ferramenta, e os pais e os responsáveis eram inteirados do que acontecia na vida escolar dos alunos de forma instantânea.

Com o aumento do uso de e-mails, passou a ser difícil uma mensagem enviada pela escola ser notada em uma caixa de entrada com um turbilhão de conteúdos. O contato imediato da escola com os pais voltou a ser uma tarefa difícil. Diante disso, as instituições de ensino precisavam buscar outra maneira de se comunicarem de forma instantânea.

Assim, grupos educacionais estão lançando aplicativos para melhorar a comunicação. A ferramenta deve possuir interface que facilite a transmissão das informações aos pais, que recebem notificações de todos os comunicados enviados pela escola. No entanto, aposentar o e-mail definitivamente é muito prematuro, já que existem alguns usuários (embora poucos) que ainda fazem parte exclusivamente da era do correio eletrônico e são resistentes a restringir tudo ao mobile.

A comunicação entre os pais e a escola sempre será um desafio, visto que a rapidez de alguns fatos demandará agilidade em transmitir as informações. Todavia, as instituições de ensino e as famílias devem fazer bom uso das ferramentas tecnológicas para estreitar essas relações. Dessa forma, são bem-vindos, principalmente, os meios de comunicação, que são canais oficiais da escola, evitando-se, assim, os desvios nos esclarecimentos e as informações incorretas.

 

 

Camila Reis é analista de marketing do Coleguium Rede de Ensino, tem 23 anos e é formada em comunicação social - publicidade e propaganda pela PUC Minas.
 
 

 

 Facebook-01.png (83 KB) Instagram-01.png (104 KB)